Saúde

5 cuidados iniciais com filhotes de cães

5 cuidados iniciais com filhotes de cães
Comprar Camas para Cachorro

Veja, 5 cuidados iniciais com filhotes de cães.

Sem dúvida, um cãozinho novo na família sempre é motivo de muita alegria.

Mas alguns cuidados são necessários para que ele fique bem e cresça saudável.

Então, vamos ver como cuidar bem do nosso cãozinho?

5 cuidados iniciais com filhotes

Assim como os bebês humanos, os cãezinhos também precisam de ajuda nos primeiros meses de vida.

De antemão, alimentação, saúde e locomoção são os motivos que merecem atenção do tutor de cão.

Então, veja alguns cuidados que você deve ter com o seu cachorrinho filhote:

1 – Auxiliar na locomoção

Conheça os Nossos Produtos para Cães

A saber, boa parte dos filhotes de cães recém nascidos nascem desprovidos de visão e audição.

Logo, se a mãezinha permitir, ajude os filhotes a se locomoverem nas proximidades de sua progenitora.

Às vezes, eles irão chorar apenas porque querem ficar pertinho da mãezinha, sentindo seu cheiro.

Já em outras, estarão com fome mesmo, então, ajude-os a encontrar a posição adequada para o processo de amamentação.

Juntamente, nesta fase, eles também podem precisar de auxílio para não se machucarem.

Principalmente em grandes ninhadas, a cachorrinha mãe pode não conseguir ficar atenta o tempo inteiro com todos os filhotes e acabarem se machucando.

2 – Providenciar as primeiras vacinas

De antemão, o aleitamento materno canino é responsável por nutrir o filhote com uma carga de anticorpos.

Todavia, ao encerrar o período de amamentação, o cãozinho para de receber esses nutrientes.

Logo, a vacinação tem como objetivo proteger os pets à exposição de micro-organismos.

A princípio, aos 45 dias de vida, o filhote já poderá receber a primeira leva de vacinas, sendo a múltipla canina a indicada para esta fase.

Mas existe outras medicações também a serem introduzidas a

3 – Inserir ração na alimentação

A princípio, o desmame de filhotes cães ocorre entre o 25º e 45º dia de vida.

De fato, não há um período muito preciso e pode variar com as condições de amamentação da cadela mãe.

Certamente, neste momento o filhote precisará do suporte de um tutor para introduzir uma nova alimentação.

A saber, alguns tutores ministram nesta fase a conhecida ‘papinha de desmame‘.

A saber, essa papinha seria um produto em pó o qual deve ser misturado com água, resultando em uma porção pastosa.

Todavia, esse método deve ser praticado apenas até o cãozinho já conseguir mastigar alimentos mais sólidos.

4 – Levar o filhote para consulta com um veterinário

Outro grande cuidado a se ter com um filhote de cão é levá-lo para uma consulta com o veterinário.

A princípio, esta primeira visita deve ocorrer nos primeiros dias de vida do pequeno cãozinho.

Dessa forma, o especialista irá orientá-lo melhor quanto a alimentação e vacinação específicas para o seu pet.

Além de fazer um check up, examinando-o para ver como está a saúde do seu filho de quatro patas.

5 – Sociabilizar com outros cães e familiares

Certamente, pode até não parecer importante, mas a socialização do filhote com outros seres também é importante.

Principalmente, para os pequenos que deixam suas mães e irmãos para viverem em outro lar.

Logo, sociabilizar estes cãezinhos com outros cachorros, bem como, com as pessoas da casa é crucial para a saúde mental do pet.

Sem dúvida, ao se sentir parte da família e da rotina do novo lar, seu comportamento responderá de forma positiva.

Mantenha estes 5 cuidados iniciais com filhotes

Enfim, coloque em prática e mantenha esses e muitos outros cuidados com seu filhote de cão.

A saber, cada raça contempla um período para a fase filhote.

Por exemplo, cães de porte pequeno são considerados filhotes entre 9 meses e 1 ano.

Mas com certeza o tutor saberá até quando seu filho de quatro patas precisará do seu apoio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.