Adoção, Convivência, Saúde

Bulldog Francês

Blog-lassie-racas-cachorro-bulldog-frances

O Bulldog Francês tem um charme todo especial: aquela carinha pedindo carinho derrete o coração de qualquer um. É um cãozinho carinhoso, muito carente, adora crianças e são ideais para morar em apartamentos.

É um excelente cão de companhia, gosta muito de crianças e ficar perto dos seus humanos. Seu focinho achatado dificulta um pouco a respiração e regulagem de temperatura, mais um motivo para que ele conviva dentro de casa com sua família, ao invés de ficar no quintal.

Assim como os Pugs, o Bulldog Francês também ronca muito e é meio teimosinho. No ranking de inteligência canina do especialista Stanley Coren, O Bulldog Frances está na posição 58ª de 79, exigindo um pouco mais de paciência na hora de treina-lo. Mas nada que repetir, repetir e repetir até ele aprender. Outra coisa: ele adora ignorar as regras.

A expectativa de vida é de 10 a 14 anos, e por ser uma raça braquicefálica (com focinho bem curto), é essencial que os tutores entendam que eles exigem cuidados redobrados quanto a exercícios, cuidados com a pele, temperatura e alimentação.

 

lassie_bulldog_frances_02Origens da Raça

Sua história começa no século XIX durante a Revolução Industrial. Com a substituição de artesãos por máquinas, estes migraram para França levando seus pets. O Bulldog Frances é resultado de diversos cruzamentos, descente de Bulldog inglês e até Pugs.

Na França conquistou nobres, artistas e a alta sociedade, tornando-se símbolo de status.

A principal cor da pelagem do buldogue francês é fulvo (um tom próximo do caramelo, que tem variações desde as mais avermelhadas às mais escuras, próximas do café com leite). Algumas variações são o fulvo com manchas (também chamados de tigrados); branco com manchas ou tigrado; preto com manchas ou tigrado; ou totalmente preto.

Comportamento

Como todos os cães de companhia, são dependentes de seus tutores, inclusive emocionalmente. Gostam de ter atenção e carinho, exigindo um pouco mais de atenção dos seus tutores do que outras raças.

Quando não recebe a atenção necessária nem retribuição do amor que dedicam ao seus tutores, tendem a desenvolver transtornos como ansiedade de separação. Leia sobre cães com saudades e saiba como ajudar seu pet.

Conheça nossos Produtos

Teimosinho, ele precisa ser treinado varias vezes para aprender a se comportar, mas quando recebem carinho, acabam repetindo o comportamento certo para agradar seus tutores.

Com instinto protetor muito aguçado, é ideal para conviver com crianças e idosos. São sociáveis com as visitas e interagem bem com outros animais, desde que ensinados desde cedo a conviver e respeitar o espaço do outro. Mas machos que não foram castrados podem ser um pouco mais territoriais e estranhar outros machos.

Conheça nossos Produtos

 

lassie_bulldog_frances_04Eles têm um nível baixo de energia, principalmente por causa do seu sistema respiratório. Então não espere que eles sejam muito alertas. Não costumam gastar muita energia, exigindo até mesmo que o dono insista num passeio.

Cuidado especial para que ele não fique muito agitado, pois pode cansar demais e aumentar a temperatura corporal.

Não costumam latir muito, a não ser para chamar a atenção do seu tutor.

Quiz Lassie

Apaixonados por seus humanos assim como os Pugs, não gostam de ficar sozinhos e sofrem com a solidão e indiferença. Se não for para dar muito amor, atenção e carinho, pense antes de assumir um cão desta raça. Saiba como manter seu cão ocupado enquanto você está fora de casa.

Como é uma raça que exige muita atenção do tutor, o buldogue francês pode desenvolver comportamentos destrutivos se ficar sozinho por muito tempo ou se for ignorado.

Problemas de saúde e cuidados especiais

 

lassie_bulldog_frances_03Geralmente são saudáveis, mas é uma raça que exigem dos tutores alguns cuidados especiais:

  • Podem sofrer superaquecimento,pois seu sistema respiratório é curto.  No verão é importante oferecer locais mais frescos para que ele possa baixar a temperatura corporal.
  • É preciso ter muito cuidado com eles na piscina, pois tem patinhas curtas, dificuldades respiratórias e se cansam facilmente.
  • Por outro lado, são sensíveis ao frio e umidade, que também afeta seu sistema respiratório.
  • Ficam ofegantes,bufam muito e roncam alto.
  • Orelhas em pé podem causar otites. Observe se eles balançam muito a cabeça ou coçam as orelhas mais do que o normal.
  • como outras raças de cachorro pequenas, o buldogue francês pode sofrer uma degeneração prematura das vértebras da coluna, que pode levar a doenças.
  • Apesar de ter pelos curtos, eles soltam muito pelo, sendo indicada a escovação frequente para livrar-se dos pelos soltos.
  • Bulldog Francês soltam muito puns! Muitos!!
  • Cuide para secar bem seu cachorrinho, pois pode haver proliferação de fungos nas dobrinhas e causar uma dermatite canina. Atenção especial às dobrinhas do rostinho. Precisam estar sequinhas para evitar fungos.
  • São muito gulosos, e se a ração não for fracionada corretamente, podem comer mais do que o necessário. É uma raça propensa a desenvolver obesidade canina. Seu peso varia entre 8 a 14kg.

Dica: as caminhas suspensas para cachorro evitam o contato dele com chão e ainda por cima são higiênicas e muito confortáveis. Conheça nossos modelos de camas suspensas para cães.

Convivendo com crianças e outros animais

lassie_bulldog_frances_01

Bulldog Francês adora criança, são muito protetores e brincalhões.

Lembramos que independente da raça, a convivência entre crianças e animais de estimação precisa ter a supervisão de um adulto.

Convivem bem com outros animais como gatos, outros cães e coelhos quando são adestrados adequadamente para isso.

O Bulldog Francês é incrível, merecem todo o amor e carinho. São cães adoráveis que fazem a alegria do seu dia. Para que seu amigão tenha boa saúde, consulte regularmente o médico veterinário, mantenha a alimentação adequada e as vacinas em dia.

Quando for passear com seu cãozinho, lembre-se de não exagerar nos exercícios, ofereça muita água e respeite a vontade dele descansar.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.