Adoção, Convivência, Saúde

Tártaro em cães

Tartaro em Cães, como resolver

Seu cão tem tártaro? Então fique de olho, porque é um problema muito sério e que pode colocar a vida do seu cachorrinho em risco. É muito comum os tutores não levar a sério o “bafinho” do cão, ou olhar periodicamente os dentes para ver se tem placas ou acumulo de alimentos.

Aliás, vale lembrar que os humanos podem desenvolver tártaro e os riscos à saúde são semelhantes. Então, vamos saber mais sobre esta doença, como evitar e como tratar, para que seu pet tenha um sorriso lindo.

lassie_tartaro_03

Como sempre, indicamos uma visita ao médico veterinário para que ele possa fazer uma avaliação das dentocas do seu pet, indicar o tratamento mais adequado e orientar na escolha de cremes, escovas ou profissionais de odontologia canina.

Tártaro, o que é isso?

É uma placa de bactérias criada pelo acúmulo de restos de comida nos dentes do cão e que não é retirada corretamente. O tártaro – que também é conhecido como cálculo dentário – atinge a maioria dos cães e pode ser evitado e tratado para preservar a saúde dos nossos cães.

Quais consequências?

Infelizmente o assunto é mais grave do que se imagina, pois a curto prazo seu cachorro terá mau hálito, mas a médio e longo prazo, o tártaro pode causar perda precoce dos dentes, e causando doenças como meningite, insuficiências renais e cardíacas, bronquite, artrite entre várias outras e, infelizmente, algumas dessas doenças não possuem cura.

Como isso acontece? Conforme a placa bacteriana canina aumenta de tamanho e de área atingida, pode atingir vasos sanguíneos na gengiva. Sangramentos são uma porta de entrada para diversas bactérias e até outros parasitas.

Como evitar?

A melhor maneira de evitar é acostumar seu pet desde filhote com escovação diária após as refeições. Assim, entra na rotina do cão e não será tão difícil quanto iniciar este hábito num cão adulto ou senil.

lassie_tartaro_01

Se não for possível escovar todos os dias, pelo menos 3 vezes na semana, assim é possível eliminar os restos de alimentos e evitar a formação da placa.

Conheça nossos Produtos

Lembre-se que há escovas e cremes dentais específicos para animais e não devemos usar os produtos feitos para humanos. Até a escova do cão é diferente da nossa. Usar produtos desenvolvidos especialmente para animais é uma forma de garantir a sua saúde.

Outra forma de evitar que seu cão desenvolva tártaro é cuidado a alimentação que você oferece a ele: mais uma vez o médico veterinário pode lhe ajudar com orientações ou recomendar um nutrólogo/nutricionista veterinário para que a alimentação do seu cão seja nutritiva, adequada ao porte, raça, idade e nível de energia. Saiba mais sobre chocolates e outros alimentos proibidos  e obesidade canina.

Conheça nossos Produtos

A alimentação a base de ração e belisquetes próprios para cães auxilia na prevenção da placa bacteriana. Mas quando oferecemos outros tipos de alimentos, estamos aumentando as chances do pet ter tártaro, pois alimentos mais macios, acumulam mais facilmente entre os dentes.

Meu cão tem tártaro?

O primeiro sinal é o mau hálito canino, mas basta dar uma olhadinha nos dentes do cão para ver se há manchas amareladas ou pretas próximas a gengiva.

Observe enquanto seu cão se alimenta: o tártaro pode causar dor nos dentes e gengivas. Se ele está comendo menos, evitando a mastigação ou até evitando comer, pode ser um indicio de que há problemas bucais.

Ele tem, e agora?

Consulte um médico veterinário o mais breve possível. O tártaro é uma porta de entrada para outras doenças, que podem atingir rins, fígado e até mesmo o coração do cãozinho.

Os tratamentos vão desde a escovação diária até a limpeza dos dentes feitas por um médico veterinário. Há casos simples em que uma limpeza resolve outros em que há necessidade de tratamento periodontal para cão. Se for um grau avançado de tártaro canino, o cão precisa ser sedado para realização do procedimento que é mais demorado.

Quiz Lassie

Lembre-se que que consultar um médico veterinário regularmente auxilia na prevenção e tratamento precoce de diversas doenças. Cuide de quem você ama!

Saiba mais sobre nossos produtos e como eles podem tornar a vida do seu pet melhor

As caminhas Brandinas são transpiráveis e arejadas, mantendo o seu bichinho longe do chão úmido e frio, e de quebra prevenindo do contato com solos quentes no verão.

No controle de fungos e parasitas, as caminhas pets Brandinas serão um grande aliado e para os cães e gatos idosos, com problemas articularesobesos ou com dermatite pois alivia os desconfortos corporal, pois se adaptam ao molde do seu corpo, sustentando-o de maneira confortável.

Se o cão está soltando muito pelo, proteja seu carro com a nossa capa para bancos automotivos.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.